segunda-feira, 23 de abril de 2012

tribo : GRUNGE

Decidi falar aqui no blog, toda semana um pouquinho da história da moda, suas tribos, revoluções, e a influencia da música sobre a moda. Nessa segunda feira feriadinho, vamos começar falando de um movimento que todo mundo com certeza já ouviu falar : o grunge.
Se a primeira coisa que veio na sua cabeça foi aquele menino da escola, que usava All star todo desenhado, calça rasgada e ouvia rock, até que você já tem uma noção do  que vamos falar ( e se você já fez bullying com esse menino mal você sabe que ele é filho de um movimento revolucionário) .
Para quem não sabe o movimento grunge  saiu de Seattle, nos Estados Unidos. Surgiu na década de 90 para alguns, e não passa de uma ramificação do hardcore, heavy metal e rock alternativo do final dos anos 80 e começo dos anos 90. O grunge tem como característica padrão um vocal bem rouco e arrastado combinado com distorções de guitarra extremamente sujas. Era composto por jovens chamados de "geração perdida" pois eram filhos da geração de 60/70 e que passavam por uma nova realidade social. Normalmente eram filhos de operários, faziam parte da classe baixa, e muitas vezes precisavam pegar roupas velhas da família. É aí que surge o termo "sujo"quando se fala em grunge. 
Mas ao contrário do punk, curiosamente o grunge não teve estética pensada, e muito menos elaborada. Os músicos usavam camisas de flanela chadrez,  e jaquetas folgadas com o único intuito de se protegerem do frio da região , seu look era completo por calça jeans usadas até se desintegrarem. Foi dai que surgiu o aspecto surrado do grunge, além de roupas adquiridas em brechós e feiras de caridade.

A moda grunge teve seu apice em 1991 graças ao estouro da banda Nirvana, liderada pelo saudoso Kurt Cobain. Com seu hino Smells like Teen Spirit ` , esse estilo se espalhou assustadoramente ao redor do mundo.  Vale citar outras bandas de sucesso, como o Alice in Chains, Smashing Pumpkins, o Pearl Jam e o própio pós-grunge do Silverchair.
Tendo sua imagem veiculada diretamente na MTV, Kurt virou o maior ícone adolescente e fez com que a maioria dos jovens aderisse á combinação perfeita da camisa de flanela chadrez + calça jeans rasgada.
Já a sua mulher, Courtney Love (AMO) se transformou em modelo para as meninas da época, ao ressaltar a moda do cabelo descolorido, maquiagem carregada e românticos vestidos da mãe saídos de brechós.







(E exatamente de uma música da Courtney que vem o nome do nosso blog)



MODA E O MOVIMENTO GRUNGE 
Somente em 1993 é que o grunge chegou as passarelas. Com uma coleçao criada por Marc Jacobs para a marca Pierry Ellis, o estilista passou a ser denominado a "guru do grunge". Seu desfile apresentou modelos com cabelos aparentemente sujos, vestindo camisas de flanela , botas de trabalhadores e gorros de  lã.

Além do estilista no decorrer dos tempos, outros especialistas apresentaram uma moda denominada pelas revistas de moda de Neo-grunge. Nomes como Chloé, John Galliano, Stella McCartney e muitos outros trouxeram para o inverno de 2008 o estilo homeless, "moda-mendigo". Look desalinhado e estudado, onde formas amplas, desestruturadas e descontruídas se sucedem, trazendo o regresso da ultra-chic do grunge. 




(Editorial grunge and glory - vogue americana)





É isso, espero que tenham gostado do post de hoje, agora é aproveitar pra relaxar.. e não perder porque toda semana eu estarei falando um pouquinho de tribos diferentes que influenciam a moda.




Beijossssssss!!!!!


Um comentário:

  1. Adoreii o blog e ja estou seguindo, passa dar uma olhadinha no meu tb e se gostar segue! Beijao
    patricia-langaro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir